segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Reforma Ortográfica.

                   Nova Reforma Ortográfica.Aspectos Positivos

O Novo Acordo Ortográfico, em vigor desde janeiro de 2009, gera polêmica entre gramáticos, escritores e professores de Língua Portuguesa.A medida deve facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre os países que falam Português e ampliar a divulgação do idioma e da literatura portuguesa. Dentre os aspectos positivos apontados pela nova reforma ortográfica, destacam-se ainda:

- redução dos custos de produção e adaptação de livros;

- facilitação na aprendizagem da língua pelos estrangeiros;

- simplificação de algumas regras ortográficas.


                       Nova Reforma Ortográfica.Aspectos Negativos

- Todos que já possuem interiorizadas as normas gramaticais, terão de aprender as novas regras;

- Surgimento de dúvidas;

- Adaptação de documentos e publicações.

                       
                         Período de Adaptação

Mesmo entrando em vigor em janeiro de 2009, os falantes do idioma terão até dezembro de 2012 para se adaptarem à nova escrita. Nesse período, as duas normas ortográficas poderão ser usadas e aceitas como corretas nos exames escolares, vestibulares, concursos públicos e demais meios escritos. 


                        Atualização dos Livros Didáticos 


De acordo com o MEC, a partir de 2010 os alunos de 1º a 5º ano do Ensino Fundamental receberão os livros dentro da nova norma - o que deve ocorrer com as turmas de 6º a 9º ano e de Ensino Médio, respectivamente, em 2011 e 2012.

Reforma na Escrita


 Por fim, é importante destacar que a proposta do acordo é meramente ortográfica. Assim, restringe-se à língua escrita, não afetando aspectos da língua falada.

domingo, 4 de novembro de 2012

A diferença entre noticia e reportagem .


A Notícia

 A notícia caracteriza-se por ser uma narrativa breve, eminentemente informativa, de um acontecimento real e atual com interesse para um público vasto.Destinada à difusão pelos vários meios de comunicação social, esta narrativa deve ser apelativa e eficaz. Cabe ao seu redator o enquadramento dos fatos e a percepção rigorosa daquilo que é essencial, sem nunca esquecer certas regras de codificação, como o uso de vocabulário claro, simples e objectivo.
Na notícia predomina o modo indicativo, porque este modo exprime acontecimentos ou estados reais. Os modos conjuntivo e condicional não são tão utilizados, já que encaram o facto expresso pelo verbo como algo incerto ou eventual, inspirando dúvida no leitor.
Outras características de morfologia e sintaxe da notícia:
- frases curtas, pouco complexas e de tipo declarativo;
- nível de língua corrente;
- função informativa da linguagem;
- disposição da informação essencial no início da frase;
- utilização frequente de nomes e de verbos de ação e movimento em detrimento de adjetivos, principalmente dos valorativos (que emitem juízos de valor).

Estrutura da notícia:

Titulagem

Antetítulo - indica o assunto geral. Nem sempre está presente nas notícias.
Título - dá conta do facto principal. Deve ser curto (não deve conter mais de dez palavras) e atrativo.
Subtítulo - refere aspectos particulares relevantes. Nem sempre está presente nas notícias.

Os títulos da notícia

Os títulos das notícias são extremamente importantes para captar a atenção do leitor e despertar a sua curiosidade para a leitura integral do texto; por isso, há diversas técnicas que sustentam a elaboração de títulos originais:
- frases interrogativas;
- aproveitamento de nomes de programas de televisão;
- expressões populares;
- aproveitamento de nomes de filmes;
- metáforas;
- frases nominais;
- provérbios.

Lead (parágrafo-guia ou cabeça)

Corresponde ao 1º parágrafo, no qual se exprime o sentido global da narrativa. Responde às quatro perguntas essenciais:
Quem? - os agentes da ação.
O quê? - o que aconteceu ou vai acontecer.
Onde? - o local do acontecimento.
Quando? - a data.

Corpo da notícia

Corresponde aos restantes parágrafos. Desenvolve os acontecimentos, respondendo às perguntas:
Como? - as circunstâncias.
Porquê? - os motivos e as razões.
Para quê? - a finalidade (esta questão nem sempre é respondida e muitas vezes funde-se com o Porquê?).

A reportagem
 
 A reportagem é uma narrativa longa que resulta de um processo de investigação e documentação intenso (por vezes tem por base uma notícia).
O repórter desenvolve de forma detalhada um determinado tema, deixando, normalmente, transparecer a sua interpretação pessoal dos fatos.
A reportagem é frequentemente acompanhada de fotografias e testemunhos que reforçam o seu caráter documental.
É redigida num estilo cuidado, mas acessível. A transmissão de informação deve ser feita de uma forma detalhada e objectiva daí que exija do repórter poder de seleção e organização dos dados recolhidos e uma perspicaz interpretação dos fatos.
A reportagem pode ser divulgada na imprensa na televisão ou na rádio.
É um gênero jornalístico tendencialmente longo e, por isso, necessita de recorrer a determinados mecanismos, que o tornem apelativo.
As reportagens televisivas usam recursos multimédia variados como a imagem e osom, pelo que se tornam facilmente apelativas.
As reportagens de imprensa, recorrem a técnicas gráficas e textuais tais como o lead que apresenta o assunto a desenvolver e resume as informações essenciais da reportagem; o corpo que desenvolve os acontecimentos, incluindo comentários do jornalista e pequenas entrevistas; o subtítulo que centra a atenção do leitor sobre aspectos particulares relevantes (no desenvolvimento aparecem, muitas vezes, subtítulos que facilitam a leitura e antecedem cada uma das partes fundamentais da reportagem); as fotografias que funcionam como complementos da informação (elementos de apoio à informação escrita).

A reportagem é um texto jornalístico redigido num registo de língua corrente, porque se dirige a um público vasto e heterogêneo.
O seu discurso é essencialmente objectivo, se bem que perpassado por marcas de subjetividade quando o repórter transmite a sua interpretação dos fatos.
Centra-se sobre uma ação, um acontecimento ou uma personalidade que não o repórter, e, por isso, utiliza a terceira pessoa gramatical.
A função da linguagem predominante é a informativa, já que o seu objectivo central é a transmissão de informação.
A informação veiculada é aprofundada, já que desenvolve um tema de grande interesse.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Como remover as maquiagem depois da festa.


A maquiagem tem prazo de validade na nossa pele: 8 a 12 horas. Depois disso, precisa ser retirada. Quando você não tira o make, há um acúmulo de produtos e de gordura nos seus poros: isso compromete a hidratação natural da pele e favorece o aparecimento de cravos e espinhas. Convencida, agora?

Como remover maquiagem da pele


remover011
    1. Comece pela zona T: com um algodão, passe o demaquilante na testa, nariz e queixo.
    2. Aplique o produto nas maçãs do rosto, sempre do centro para fora, com movimentos suaves. Reaplique de duas a três vezes, até retirar todos os resíduos de make.
    remover021
    1. Cuide agora da região dos olhos: coloque o demaquilante num algodão, segure sobre os olhos fechados por alguns segundos e remova o algodão fazendo movimentos para baixo e em direção ao canto externo dos olhos.
    2. Siga sua rotina de limpeza em seguida: lavando, tonificando e hidratando a pele.

    Como remover rímel à prova d’água e batom de longa duração

    Use demaquilantes com óleos na fórmula, como os em creme ou bifásicos, que são os melhores para remover makes de longa duração. Isso porque a maioria dos produtos de maquiagem contém ceras, óleos e pigmentos que se dissolvem facilmente em outros óleos.
    E caso seu demaquilante acabe, dá pra improvisar! Use óleo de bebê ou creme hidratante. O óleo de bebê também pode funcionar como demaquilante bifásico se misturado à água morna: a água amolece a maquiagem, enquanto o óleo retira a gordura. Depois, é só seguir sua rotina de limpeza da pele.

    Para as preguiçosas:

    Se você chegar da balada tãaaaao cansada a ponto de não conseguir ficar em pé na frente do espelho, use lencinhos umedecidos para retirar o “grosso” do make. Passe em todo o rosto, do centro para fora, até que toda a maquiagem saia. Escolha produtos que limpam, tonificam e hidratam. Daí, na manhã seguinte, lave bem o rosto!

    Como preparar a pele antes da maquiagem.


    Limpeza

    Limpar o rosto é super importante para que sua pele receba muito bem as texturas e pigmentos da maquiagem que vem a seguir.
    1. Use um sabonete neutro ou adequado para o seu tipo de pele.
    2. Após lavar, passe uma loção tônica adstringente para fechar os poros.

    Hidratação

    Uma pele hidratada absorve e fixa a maquiagem
    1. Aplique um hidratante. É ele que vai fazer a maquiagem durar mais sem agredir sua pele. Use creme hidratante, se você tem a pele seca. Se sua pele for oleosa ou mista, prefira um gel ou loção hidratante oil-free.
    2. Com a ponta dos dedos, faça uma massagem facial para melhorar a circulação no rosto.

    Fixação: dicas, truques e produtos para deixar o make intacto!

    • Gelo: é um velho aliado na hora de fechar os poros e fixar a maquiagem. Enrole um pouco de gelo numa toalha ou tecido e passe em todo o rosto. A pele leva um susto com o choque térmico e os poros se fecham.
      Passe loonge: Nunca, nunca, nunca passe gelo diretamente sobre a pele. O frio em excesso pode gerar queimaduras.
    • Primer:é como se fosse a base antes da base, já que ele fecha os poros, controla a oleosidade e preparar a textura da pele para receber e fixar o make. Eba! Confira os tipos de primer e suas finalidades:
      • Facial: deve ser espalhado por todo o rosto, de forma homogênea, como se fosse um creme. Deixe a pele absorvê-lo por uns minutinhos e aí comece a se maquiar.
      • Labial: é quase como uma base para a boca, que hidrata sem deixar os lábios oleosos e faz o batom durar mais depois.
      • Para a área dos olhos: aplicado nas pálpebras, ele intensifica a cor e a durabilidade das sombras. Há versões em bastão, creme, líquido… tudo para valorizar seu look!
    • Pó: o verdadeiro coringa da maquiagem. Pode ser aplicado depois da base em todo o rosto ou em pontos específicos, para fixar ainda mais o make. Antes de passar lápis de olho ou delineador, a dica é aplicar um pouco de pó solto nas pálpebras. Ele vai ajudar a segurar a oleosidade na região e impedir que o make borre depois.

    domingo, 7 de outubro de 2012

    Comunicação.

    As comunicações são o centro gravitacional de todas as atividades humanas. Literalmente nada acontece sem que haja prévia comunicação. Um grande número de problemas pode ser ligado à falta de comunicação.
      COMUNICAÇÃO é troca de ENTENDIMENTO.

    Bases da Comunicação:
    •   Saber Ouvir - Demonstre estar apto a ouvir informações mesmo que desagradáveis e críticas, procurando vê-las de forma construtiva. Escute, ouça atentamente, demonstrando interesse pelo que está sendo apresentado, não interrompa desnecessariamente.
    •   Examine o ponto criticado - Seja humilde e examine o ponto criticado para dar crédito às boas ideias e ao trabalho sincero. Ao receber críticas, procure extrair os aspectos positivos e construtivos. Posteriormente analise e estabeleça procedimentos de ajuste e/ou correções.
    •   Evite termos técnicos - Não use gírias e evite termos técnicos que podem atrapalhar na comunicação, se for imprescindível o seu uso, explique qual o significado dos termos usados. Você pode estar falando com alguém que quer entender o que você está falando e não consegue, provavelmente na próxima vez ele não o procurará. Use uma linguagem que descreva a realidade.
    •   Esclareça suas ideias - Esclareça suas ideias antes de transmiti-las, faça com que elas sejam precisas. Analise se as suas ideias estão coerentes com o que se deseja transmitir.
    •   Expresse o seu interesse - Entre frequentemente em contato com as pessoas e escute. Expresse seu interesse pelos seus problemas e escute. Questione o interlocutor, peça detalhes.
    •   Suas ações apoiam o que você diz? - Suas ações refletem o que você pensa e diz para os outros.
    •   Procure ser objetivo- Seja objetivo, não faça rodeios, mesmo que a mensagem seja o que as pessoas não gostariam de ouvir.
    •   Como transmitir? - Como você deve transmitir a sua mensagem, esteja atento a sua tonalidade de voz, da receptividade de quem ouve, bem como da linguagem que você irá utilizar.



      Linguagem corporal


      A maior parte das pessoas concorda que a palavra pronunciada constitui o método usual de comunicação frente a frente. Indubitavelmente, supomos que a comunicação oral é o meio mais eficiente de permutar informação, no entanto, isto depende da capacidade do emissor em expressar a intenção de forma precisa e do receptor em ouvir de modo eficiente, totalmente à parte da compreensão da mensagem.
    "Os olhos conversam tanto quanto as línguas que utilizamos, com a vantagem de que o dialeto ocular, embora não precise de dicionário, é entendido no mundo todo". (Ralph Wando Emerson)
    De acordo com pesquisas, o impacto de uma mensagem sobre o ouvinte está relacionado:
    07% - palavras (o que a pessoa diz)
    38% - tom de voz, inflexão ( a maneira como fala)
    55% - corpo, olhos, mãos, braços, pernas, dedos (expressão e gestos)
    Num processo de comunicação há um emissor, um receptor e, um meio, pelo qual a mensagem é propagada. Esse meio ou canal pode ser verbal, corporal e escrito.
      Conclusão: mesmo mensagens simples, em pequeno circuito, sofrem alterações surpreendentes.Além da compreensão dos sinais do corpo, temos também a movimentação do próprio corpo. Cada pessoa tem ao redor de si, como um campo de proteção, um território íntimo. Essa área circular em torno da pessoa varia de acordo com a cultura, região e é medida pela distância entre os corpos.
    Qualquer iniciativa de alguém, sem ter sido autorizado, será visto com invasão. A reação à invasão é variada - pode-se fingir que não foi observada ou pode ser intensa.Quanto mais conscientes e atentos estivermos, agiremos de forma mais inteligente. É o que as pesquisas têm demonstrado sempre.
    Reforçando: Como num dicionário, as palavras isoladas falam muito pouco, só tendo um sentido de comunicação dentro de uma frase. Também, na linguagem corporal, nenhum gesto deve ser lido isoladamente, pois só terá sentido quando somando aos demais gestos e, juntos, apontarem uma congruência da comunicação corporal.
    A seguir uma lista de sinais que pode ser utilizada como um
    dicionário da linguagem corporal:

    Dedos                 Mãos     Aperto de Mãos   Mãos no Rosto
    Mãos e Braços      Braços   Pernas               Territórios
    Gestos Gerais

    Comunicação Escrita

      Na era do fax, computador e internet são inúmeras as maneiras das pessoas se comunicarem de forma rápida e prática, para qualquer canto do mundo.
      Mas a principal dificuldade enfrentada não está em como utilizar a tecnologia, uma vez que o domínio da informática é praticamente total, e sim em se fazer entender claramente tanto na linguagem falada como na escrita.
      Não é só o veículo que usamos para nos comunicar que conta, mas também a forma, o conteúdo e a linguagem que utilizamos para isso.
      O treinamento é essencial para o bom desempenho da escrita.

    Redigir



      A maior dificuldade está em transformar as ideias em texto utilizando palavras corretas no momento certo. Muitas vezes, acreditamos que a palavra não expressa suficientemente o que ela quer dizer, e o texto acaba reunindo uma fileira de palavras com mesmo sentido ou que não se relacionam entre si. Isso acontece porque antes de iniciar a escrita não organizamos as ideias, escrevendo-as sem pensar no texto como um todo.

    Organizando Ideias

      Para organizar as ideias, o ideal é esboçar um roteiro antes de iniciar a redação, como abaixo:
    Escolha do assunto -
    Lista de ideias -
    Plano 
    Esboço -

    Estrutura

     Toda redação é composta por título, introdução, desenvolvimento e conclusão.
      Na introdução , procura-se despertar no leitor o desejo de ler. Lembre: tudo que for afirmado na introdução deverá ser desenvolvido, com argumentos concretos, no corpo de texto.
      O desenvolvimento consiste em ordenar progressivamente os dados, opiniões, aspectos que o tema envolve, e fundamentá-los por meio de razões, exemplos e provas. Cada ideia deve ser desenvolvida em parágrafos diferentes.
      A conclusão é a parte final da redação e deve encerrar, coerentemente.

    Habilidades de ouvir
      
    Quando ouvimos atentamente uma pessoa, estamos na verdade ouvindo duas partes distintas de sua mensagem

    domingo, 16 de setembro de 2012

    As pazes com o espelho.

       Não é fácil... Pesquisas feitas no mundo todo mostram que a mulher é uma eterna insatisfeita com a aparência – até mesmo aquelas que são unanimidades no quesito beleza querem mudar uma coisinha aqui e outra ali. Por trás dessa não aceitação está a baixa autoestima e, em alguns casos, a falta de amor-próprio. Se esse é o seu caso, para ajudá-la a resgatar a autoestima, encarar o espelho de frente com mais tranquilidade e ainda gostar do que vê.Algumas pistas:


    • Pratique a autoaceitação incondicional. Em outras palavras, seja a sua melhor amiga, mesmo não sendo perfeita. Ninguém é!
    • Avalie suas qualidades, seus defeitos e seus limites. Assim, vai conseguir identificar o que realmente importa para você e o que pode e deve ser mudado.
    • Não lamente os pontos fracos. Em vez disso, veja o que pode fazer para melhorá-los, um a um.
    • Estabeleça metas realistas e viáveis. Ou seja, se o seu biótipo é mais cheinho, nunca vai ser magérrima como a top model Gisele Bündchen, e muito menos mudar o corpo da noite para o dia. Aceite-se!
    • Aprenda com os erros. Como? Encarando-os como uma oportunidade para uma nova partida rumo ao sucesso, e não como uma prova de fracasso ou incompetência. Pense que agora as suas chances de acertar são maiores, pois não vai cometer as mesmas falhas. Errou? Corrija! Caiu? Levanta!
    • Procure fazer o melhor que puder, mas na dose certa. Ser muito crítica e rigorosa consigo mesma não vai ajudá-la em nada.

    Como perder a barriga.


       Você decidiu que neste verão vai entrar em forma para poder ir à praia sem aquela barriguinha? Ótimo, porque além de ficar com o corpo mais bonito, eliminar a gordura da barriga faz bem à saúde. Quem tem gordura na região abdominal tem maior risco de desenvolver doenças cardíacas e diabetes.
       Perder gordura no abdômen ou emagrecer requer, em primeiro lugar, uma alimentação com pouca ingestão calórica e aumento de gasto energético por meio de atividade física". Se é esse o seu caso, o melhor conselho é fazer caminhadas em passo acelerado, correr, nadar ou andar de bicicleta, atividades que ajudam a queimar calorias.
       O músculo reto do abdômen se contrai como um todo. Não existe a possibilidade de se dividir o músculo em "infra" e "supra", mas podemos executar movimentos diferentes para tornar o exercício mais atrativo. Para fortalecer os músculos do abdômen,faça um pouco de tudo a seguir:


    1. Na posição deitada, com os pés no chão e os joelhos dobrados, leve a perna até a região do peitoral. Você pode levar as duas pernas ao mesmo tempo ou uma de cada vez. Para evitar pressão excessiva sobre a coluna, coloque as mãos embaixo das nádegas, o que diminui a curvatura nas costas. Pode-se começar com cinco a dez repetições e com o tempo chegar a 20.

    2. Na posição deitada, com os pés no chão e os joelhos dobrados, coloque as mãos atrás da cabeça e eleve o corpo até chegar aos joelhos. Comece com cinco a dez repetições e evolua até chegar a 20.

    3.
     Na posição deitada, fique de lado, com as pernas dobradas no ângulo de 90º. Levante um pouco a perna de cima, apoie-se no cotovelo e levante o corpo em direção ao joelho. Comece com cinco a dez repetições até chegar a 20. Mude de lado e faça o mesmo exercício.

    A postura correta ,trás uma barriguinha sarada.

         A postura está intimamente relacionada à silhueta. Aquela barriguinha incômoda pode ser causada por um outro vilão que não é a gordura localizada, mas a maneira incorreta que você posiciona o seu corpo. E com a tendência crescente de as pessoas trabalharem diante de um computador, sentadas por ininterruptas horas, a má postura é cada vez mais comum – e uma das consequências disso é o aparecimento da barriga saliente.
        Qualquer pessoa que não cuide da postura, mesmo que não tenha esses problemas, pode acabar vendo que aquela pequena barriga não some. Em todas essas situações citadas, porém, é possível reeducar-se e aprender a manter a coluna ereta – medida que, além de outros benefícios, melhora a silhueta.
         “A falta de exercícios promove a flacidez dos músculos e sobrecarrega a coluna vertebral, portanto, a pessoa que não se exercita tem mais dificuldade de manter a postura”.
         Além de atividade física, atitudes simples para quem passa grande parte do dia sentado ajudam a corrigir o problema. Veja as dicas:

    - As cadeiras precisam ter apoio para os braços. Descanse os cotovelos neles, a 90 graus, e apoie os pulsos na mesa para digitar no teclado do computador. Além disso, nunca fique mais de 60 minutos sentado. Levante-se de hora em hora, para pegar água ou ir ao banheiro;

    - Faça um X imaginário na tela do computador. Veja se a área entre o nariz e os olhos está na direção do centro do monitor, onde as linhas do X se cruzam. Se não estiver, coloque livros sob o monitor até que ele fique na altura correta;

    - Caso o seu computador seja um notebook, evite usá-lo na cama ou no colo. Isso altera as curvas fisiológicas da coluna. O ideal, aliás, é não usar o aparelho para trabalhar o dia todo. Prefira um computador convencional. Caso não seja possível, encaixe um mouse e um teclado independentes e deixe a tela na posição correta (como explicado acima);

    - Como o notebook, outro aparelho que foi criado apenas para ser usado por curtos períodos é o smartphone. Por isso, não fique muito tempo respondendo e-mails com ele. Repare que, ao usá-lo, você fica com o pescoço para baixo e com os braços suspensos – péssimo para a postura. E, quando conversar ao telefone, não prenda o aparelho entre a cabeça e o ombro, entortando o pescoço. Segure-o com a mão.

    Tereza.


                  Tereza.
        Agora, vou contar uma historia, sobre uma jornalista, que tem setenta e quatro anos de pura experiência e inteligência.
        “Sou Tereza Cristina de Campis Melo, eu era uma jornalista que adorava viajar pelo mundo, atrás de informações, que informassem a meus leitores, eles adoravam as informações que eu escrevia. Mas como viajava muito, nunca tive tempo para me relacionar, então em uma dessas viagens, conheci outro jornalista. Ele tinha uma vida parecida com a minha.
          Depois de um tempo, nós no relacionamos e fomos morar junto e seguindo pelo mundo atrás de muitas de muitas informações. Em uma dessas viagens fizemos minha filha Soffi, que em hoje em dia, está vovó de minha terceira neta.
          Mas minha vida não foi só viagem, lembro-me de quando eu vivia em minha casa brincando com minha filha, que adorava escrever historias de princesas, pois dizia que seria que nem eu, uma jornalista que viajasse muito e foi isso que aconteceu. Como boa mãe sempre queria minha filha, como minha mãe, que já esta no paraíso, me deu sempre uma boa educação, que me orgulho sempre de lembrar-se de minha mãe, que era uma rainha que não usava coroa. Assim “acabo minhas recordações”.

    sábado, 15 de setembro de 2012

    Dicas de verão 2013.


       Dicas de Verão 2013:
    Elementos metalizados
    Peças prateadas e douradas fizeram-se presentes em meio ao inverno 2012. Logo, para a próxima temporada, itens metalizados foram apresentados nos tons, além de em cores inusitadas como no verde a azul.








    Transparências e fendas

    Outra aposta para o verão 2013 são as fendas – com referência aos anos de 1950 – e transparências, como apresentou Tufi Duek, através de saias longas, além das peças apresentadas em seda por Paula Raia e Reinaldo Lourenço em meio às suas coleções. A sensualidade faz-se um dos elementos em destaque, logo, a estação ter pele à mostra. terá pele à mostra.








    Clutches.


                                     O que são “clutches”?

          Que um bom acessório é capaz de transformar qualquer look, todas nós mulheres já sabemos. Mas vocês já usaram uma clutch? Ela promete dar um up em qualquer visual!
          Pra você que está se perguntando o que é uma clutch, fique tranquila. Uma clutch nada mais é do que uma bolsa de mão estruturada, sendo muito conhecida como bolsa carteira. Esse nome surgiu de uma palavra inglesa, que significa agarrar ou segurar. Faz todo o sentido, né?
          Elas estão com tudo e podem ser usadas tanto em ocasiões mais formais, quanto nas casuais, já que existem diversos modelos.
          Elas foram criadas em 1930, por Emile Hermes, para que as mulheres pudessem ir às festas sem amassar seus objetos, já que são bem estruturadas. Desde então, a clutch conquistou as mulheres. E não é pra menos né? Além de serem elegantes, são bastantes práticas e úteis. Vão bem com saias, shorts, calças, vestidos básicos e de festa. Conferem elegância e beleza a qualquer visual.
                                             

          
                 As clutches também fizeram a cabeça das celebridades. Elas estão sendo cada dia mais visto nas mãos das estrelas, que exibem cada modelo mais luxuoso que outro no tapete vermelho das grandes festas de Hollywood. Angelina Jolie, Miley Cyrus e Kate Winslet são algumas das celebridades que adotaram as clutches e arrasaram!


    quarta-feira, 12 de setembro de 2012

    Bons Amigos.

    BONS AMIGOS

    Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
    Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
    Amigo a gente sente!

    Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
    Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
    Amigo a gente entende!

    Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
    Porque amigo sofre e chora.
    Amigo não tem hora pra consolar!

    Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
    Porque amigo é a direção.
    Amigo é a base quando falta o chão!

    Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
    Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
    Ter amigos é a melhor cumplicidade!

    Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
    Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!









    segunda-feira, 3 de setembro de 2012

    "O lugar onde eu vivo"


      

                                                  “O lugar onde eu vivo”
         Joinville é conhecida por sua beleza e natureza exorbitante e também conhecida com cidade das bicicletas, cidade das flores e cidade dos príncipes. É a cidade em que mora a pessoa que vou relembrar as lembranças dela, sua infância fatos de que não gosta de lembrar, pois foi muito sofredora.
       "Lembro-me de quando eu ia para escola, não tínhamos calçados e íamos de pés descalços, falava o alemão à professora batia tive que aprender a falar o português, pois meus tataravôs vieram da Alemanha e assim passando de geração em geração a língua alemã. Tinha de ter que trabalha muito na roça e não tinha tempo de ir brincar e ir para a escola e assim terminando o meu currículo escolar na quarta série. Mas quando tínhamos tempo eu e meus irmãos adorávamos subir nas árvores para comer do pé mesmo os frutos deliciosos de lamber os beiços.
        Mesmo com tantos sofrimentos eram muito mais felizes as datas comemorativas como exemplo o Natal, pois todos celebravam ao redor da mesa reunindo as famílias, coisas que nos tempos de hoje é muito difícil, pois as crianças só pensam nos brinquedos que vão ganhar isso quando já até escolhem os eletrônicos mais caros e às vezes nem sabem realmente oque estão celebrando. Pois eu tinha brinquedos feitos por nós mesmos e na maioria de madeira, computador jamais iria imaginar para mim existia a máquina de escrever, o ferro hoje já a vapor anteriormente era a brasa.
        Outro fato de não ter como esquecer é a parte de culinária que exerço até nos dias de hoje, pois faço eventos e sou proprietária de restaurante. São dons que recebi desde minha bisavó, e tenho já passado para minha filha e também a neta.
        Eu sou Roseli Schadeck Feuser nasci em Joinville e tenho de paixão essa cidade maravilhosa e não troco por nada. "